Formação

Doença Oncológica e Imagem Corporal

Destinatários: Enfermeiros; Psicólogos; Nutricionistas; Terapeutas Ocupacionais; Professores que tenham trabalhado com a temática; Voluntários.

Ver todas as Acções

Objetivos:

  • Identificar os seus principais componentes;
  • Reconhecer as diferenças entre o eu real, o eu imaginário e o eu social, à luz da imagem corporal na DO;
  • Compreender o processo de oncogénese e principais fatores envolvidos na carcinogénese;
  • Compreender o Modelo Multidimensional da Imagem Corporal em Doentes Oncológicos;
  • Identificar os componentes da doença oncológica capazes de alterar a imagem corporal bem como os mecanismos psicológicos a ele inerentes;

 

  • Enumerar os principais tipos de tumores que afetam o doente oncológico adulto e que podem provocar alguma alteração na sua imagem corporal;
  • Definir ostomia;
  • Enumerar os diferentes tipos de ostomias;
  • Conhecer as principais implicações quotidianas, inerentes à ostomia;
  • Enumerar fatores que têm influência na imagem corporal de pessoas ostomizadas;

 

  • Sensibilizar para as alterações físicas e psicológicas inerentes ao Ca da Mama e suas repercussões;
  • Reconhecer os diferentes tipos de cancro cabeça/pescoço;
  • Sensibilizar para as alterações físicas e psicológicas na sequência de  um cancro do tipo C/P;
  • Distinguir as principais alterações na imagem corporal tendo em conta o tipo de cancro C/P;
  • Identificar e selecionar instrumentos de avaliação da imagem corporal;

 

  • Definir imagem corporal;
  • Nomear possíveis estratégias de intervenção em pessoas com a imagem corporal alterada pelos diferentes tipos de doença oncológica/ tratamentos da DO;
  • Reconhecer a importância das diferentes intervenções com doentes oncológicos com alterações da imagem corporal;
  • Estimular a criatividade no planeamento de uma possível intervenção social na promoção da imagem corporal do doente oncológico;
  • Identificar estratégias psico-oncológicas na intervenção com casais em que um membro do casal é doente oncológico com imagem corporal alterada;
  • Reconhecer a importância da intervenção psico-oncológica em grupos de doentes oncológicos com alterações da imagem corporal;

Conteúdos:

  • Imagem corporal;
  • Auto-estima e Auto-conceito;
  • Eu real, eu imaginário, eu social Oncogénese;
  • Modelo Multimodal da Imagem corporal no doente oncológico;
  • Principais tumores e tratamentos na DO como causas para alterações corporais;

 

  • Ostomias;
  • Digestivas: Colostomia e ileostomia Urinária: Urostomia;
  • Ca mama;
  • Ca Cabeça/ Pescoço Ca cavidade bocal Ca cerebral e crânio Ca tiroide;
  • Psico-oncologia da imagem corporal Avaliação da imagem corporal Intervenção psicológica social/ média;

 

  • Intervenção psicológica na imagem corporal:
  • Individual;
  • Casal;
  • Grupos;

 

 

 

 

Formadora: Maria João Carneiro

Psicóloga, Membro efetivo da Ordem dos Psicólogos Portugueses.

Mestre em Psicologia Clínica e da Saúde pela Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade do Porto.

Pós-Graduada em Neuropsicologia Clínica. Pós-Graduada em Cuidados Continuados e Paliativos.

Formadora nas áreas da Saúde e Psico-Oncologia.

Experiência em intervenção neuropsicológica nomeadamente em estimulação cognitiva com crianças e jovens com deficiência e com população adulta/idosa.

Experiência no apoio psicológico a doentes e familiares de utentes com doença oncológica, de várias faixas etárias.