Formação

Análise Forense de Documentos e Escrita Manual

Destinatários: Elementos dos Serviços e Forças de Segurança e de Polícia,  finalistas de licenciatura e profissionais das áreas da Psicologia, Criminologia, Direito, Ciências Forenses, Ciências da Saúde, entre outras.

Ver todas as Acções

Objetivos gerais: 

  • Identificar a área de atuação da Documentoscopia e Grafotecnia, compreendendo quais os exames periciais abordados nestas áreas científico-forenses.
  • Definir Documento e Escrita Manual;
  • Conhecer alguns dos tipos de Alterações Documentais, diferenciando processos de falsificação e de contrafação;
  • Entender os Princípios Fundamentais da Análise Forense de Escrita Manual, bem como os conceitos de “Hábitos Gráficos” e “Variabilidade Natural”, conhecendo as alterações voluntárias e involuntárias de escrita (ex.: falsificações, disfarce);
  • Conhecer algumas das técnicas destrutivas e não destrutivas de análise.

 

​Conteúdos programáticos:

  • Análise Forense de Documentos:
    • Definição de Documentoscopia e de Documento (tipos e constituição)
    • Exames periciais no âmbito da Documentoscopia
    • Metodologia aplicada: exames destrutivos e não destrutivos e limitações associadas
    • Documentos Falsos vs. Contrafeitos. Tipos de falsificações documentais
    • Elementos de segurança em documentos

 

  • Análise Forense de Escrita Manual
    • Definição de Grafotecnia e princípios da análise forense de escrita manual: a Escrita Manual como ferramenta identificativa do seu autor (hábitos gráficos e variação natural);
    • Caraterização da Escrita Manual: elementos de ordem geral e de pormenor;
    • Escrita manual de assinaturas: relevância e evolução;
    • Alterações Voluntárias e Involuntárias de hábitos gráficos (Falsificações e Disfarce);
    • Averiguação da Veracidade/Falsidade de Escrita: Análise Comparativa de Escrita.

Formadora: Judite Magalhães Nunes

O meu contacto com a área da Documentoscopia e Grafotecnia iniciou-se em 2005, com formação teórico-prática no LEDEM (FCUP), complementada com estágios em unidades policiais europeias e brasileiras (até 2008). Entre 2009 e 2018 assumi funções e responsabilidades inerentes ao cargo de sócia-gerente no NCForenses-Ciências Forenses, um laboratório privado forense que, neste período, se tornou membro associado da ENFSI-ENFHEX. Nesta fase atuei como perita em análise de documentos e escrita manual e como dinamizadora de ações de formação (presenciais ou à distância), sendo corresponsável pelos departamentos pericial e de formação. Academicamente, iniciei o doutoramento em Ciências Forenses (FMUP, 2015), sou Mestre (2006) e Licenciada (2002) na área da Biologia-ramo científico (FCUP) e Pós-graduada pela Univ. Autónoma de Barcelona na área da Documentoscopia (2007). Neste momento, além de realizar exames periciais e dinamizar ações formativas e informativas, atuo como coordenadora da área da Documentoscopia e Grafotecnia na Associação Portuguesa de Ciências Forenses.